Antaq vai adotar bom senso: balsa não vai parar

Papelada da Transportes Vitórias ganha tramitação especial em Brasília

A balsa que está fazendo a travessia dos veículos pelo Rio Jacuí não será impedida de operar, apesar de não ter a autorização da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

A comunicação social da Antaq em Brasília confirmou que a Transportes Vitória deve receber uma fiscalização da unidade regional de Porto Alegre. No entanto, em casos específicos como o existente em Cachoeira do Sul, onde a Ponte do Fandango está interditada e só há, por enquanto, uma empresa atuando, o tratamento dado pela agência é de “bom senso” – ou seja, não deixar a sociedade prejudicada.

DOCUMENTAÇÃO

Além disso, a Antaq informou que a documentação encaminhada pela Transportes Vitória passou a tramitar em regime especial junto à Gerência de Autorização para Navegação. “Toda a documentação já foi encaminhada. A deliberação sobre pedidos de autorização costuma normalmente ocorrer em reuniões ordinárias que são de 15 em 15 dias, mas este é um caso que não pode esperar”, pontuou a assessoria da Antaq.

Comentários