Condenada por assaltar taxista é presa

Pena é de cinco anos e 10 meses, em regime fechado

 

Condenada por assalto, Lígia Valéria da Silva Trindade, 35 anos, foi presa na tarde desta segunda-feira por policiais do Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar.

A guarnição do POE recebeu informações de populares de que Lígia estava andando de carona em uma moto preta. Na Rua Horácio Borges, no Bairro Soares, os policiais abordaram a moto e prenderam Lígia.

Ela foi encaminhada à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento para o registro da ocorrência e será recolhida ao Presídio Estadual de Cachoeira do Sul.

A pena é de cinco anos e 10 meses de prisão por assalto, em regime fechado. O roubo ocorreu em janeiro de 2016, na BR 153, quando Lígia e um comparsa renderam uma taxista durante uma corrida. Eles levaram a carteira e o carro da motorista.

 

Comentários