Eleito melhor do jogo, Neymar ironiza: “Falaram demais e foram para casa”

Após terceiro gol no Mundial da Rússia, camisa 10 projeta sequência: “Não quero que seja a Copa do Neymar, quero que seja a Copa do Brasil”

 

Protagonista nos 2 a 0 diante do México, em Samara, Neymar marcou o primeiro da Seleção – o segundo dele na Copa do Mundo -, participou da jogada do gol de Roberto Firmino e foi escolhido, em votação da Fifa, como melhor jogador na vitória brasileira nas oitavas.

Na saída de campo, o camisa 10 falou pela primeira vez durante o Mundial e aproveitou para desabafar. Caçado em campo contra o México, Neymar mandou recado aos adversários que encerreram a participação na Rússia.

– (Excesso de faltas sofridas) isso é complicado, não é uma coisa que cabe a mim. Só sofro a dor. Tomei um pisão desleal, da minha parte acho que fora da jogada, fora do campo. Acho que não pode. Mas é isso, eles falaram demais antes da partida e foram embora para casa.

Neymar também fez questão de dividir os holofotes com o restante da Seleção. Mesmo após o prêmio individual, o atacante destacou o jogo coletivo do grupo de Tite.

– Não quero que seja a Copa do Neymar, quero que seja a Copa do Brasil. O coletivo é mais importante. Fico feliz por fazer parte desse grupo. Certeza de que esse time pode chegar muito longe.

Comentários