INSS começa a pagar valores devidos a beneficiários

No Rio Grande do Sul, são 1.512 pessoas que, no total, irão receber R$ 32,7 milhões até o próximo dia 8

 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) iniciou o pagamento do sexto lote de valores devidos a beneficiários de todo o Brasil nesta quarta-feira, 2. No Rio Grande do Sul, são 1.512 pessoas que, no total, irão receber R$ 32,7 milhões até o próximo dia 8. Esse pagamento será para quem tem até 45 anos e que possui valores a partir de R$ 15 mil para receber. No Brasil, serão pagos cerca de R$ 660 milhões.

Desde 2012, o INSS está cumprindo um acordo homologado pela Justiça Federal, que determina o pagamento dos valores de benefícios por incapacidade ou pensões por mortes, determinados entre 2002 e 2009. Em entrevista à imprensa da Capital, a presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Adriane Bramante, disse que no período o INSS calculou errado o valor que deveria pagar a esses segurados, o que resultou em um valor menor do que era de direito de quem solicitou o benefício.

A ordem de pagamento será definida de acordo com o número do benefício. Para os casos onde o titular morreu após a revisão e antes do pagamento os valores serão pagos ao longo do mês de junho.

Datas de pagamento

Final 1 e 6: nesta quarta-feira
Final 2 e 7: quinta-feira, 3
Final 3 e 8: sexta-feira, 4
Final 4 e 9: sábado, 5
Final 5 e 0: segunda-feira, 8

Quem tem direito

Neste pagamento, estão os beneficiários com idade até 45 anos e com valores a receber a partir de R$ 15 mil. Pessoas com benefícios aprovados e pagos entre 17 de abril de 2002 e 29 de outubro de 2009, que recebem pensão por morte, auxílio doença previdenciário, aposentadoria por invalidez, auxílio acidente previdenciário, auxílio doença por acidente de trabalho, aposentadoria por invalidez por acidente de trabalho, auxílio acidente e pensão por morte por acidente de trabalho têm direito ao pagamento.

Como consultar se tem direito

Um sistema de consulta foi disponibilizado pelo INSS por meio do portal Meu INSS. Também é possível conferir se tem direito pela Central de Atendimento 135, que funciona de segunda a sábado, das 7 horas às 22 horas.

FONTE: Jornal do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *