Pesquisa indica que 43,4% dos brasileiros acreditam que redes sociais vão influenciar eleições

Facebook será a ferramenta mais utilizada para acessar conteúdo de política, apurou estudo

 

A internet e, mais precisamente, as redes sociais serão sim um grande influenciador nas campanhas eleitorais de 2018. É o que indica pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela consultoria IdeiaBigdata. Num universo de 1.482 pessoas em todo o Brasil, 43,4% responderam que o conteúdo acessado na internet afetará sua decisão de voto.

Dentro deste universo, a plataforma preferida para acessar as informações será Facebook, com 58,5% das respostas. Em seguida, vieram YouTube (13,2%), Instagram (11,5%), Twitter (8,9%) e WhatsApp (4,8%).

Considerada por muitos uma plataforma influente, o WhatsApp não inspira a mesma confiança no quesito política, indicou a apuração. Cerca de 75% dos entrevistados relataram ter recebido conteúdo de política pela plataforma, mas que só repassariam informações em 36,1% das notícias.

A confiança no que os amigos compartilham também gera algumas dúvidas. Numa graduação de 1 a 5 (o mais confiável), 38,9% das pessoas responderam que 3 seria seu grau de credibilidade para os conteúdos de política. Outros 22,7% indicaram desconfiar totalmente do que recebem nas redes sociais.

No quesito veículos de informação, a TV ainda mantém a liderança, com 53,6% das respostas, mas seguida muito perto dos sites de notícias, com 42,5%. As redes sociais vêm atrás dos jornais impressos (42%), com 40,3%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *