Secretaria de Obras espalha mais rejeito de asfalto para recuperar ruas

Félix da Cunha e Emiliano da Costa, que estavam com asfalto totalmente destruído, foram recuperadas com material

 

 

A Secretaria Municipal de Obras está espalhando mais rejeito de asfalto para diminuir problemas de trafegabilidade em ruas de Cachoeira do Sul. Nos últimos dias, foram descarregadas cargas na Rua Félix da Cunha, no Bairro Carvalho, que nos últimos anos teve seu asfalto totalmente esfarelado e tomado por buracos.

“Também colocamos o material na Emiliano da Costa, na entrada do Bairro Marina, um dos asfaltos mais antigos da cidade, e na entrada do Bairro Xangrilá, na Rua João Antônio Müller”.

Nesta semana, está sendo colocado rejeito de asfalto na Travessa Batista Carlos, no Centro, também conhecida como Beco dos Trilhos. Além de espalhar as sobras de asfalto, a Prefeitura também utiliza um rolo compactador para fixar o material nas ruas.

MELHOR QUE PATROLAR

O uso de rejeito de asfalto dá mais durabilidade aos consertos nas ruas, explica o titular das Obras, Cleber Cardoso. “No ano passado, colocamos no Xangrilá também. O trabalho fica bom por cerca de um ano e meio”, comentou. Assim, quando a Prefeitura consegue as sobras de asfalto, ganham prioridade trechos de ruas mais problemáticas, onde o patrolamento não é suficiente para dar condições às ruas, explica o secretário.

Comentários