Uergs suspende aulas devido a greve dos caminhoneiros

Universidade emitirá comunicado neste sábado sobre a retomada do expediente

 

A reitora em exercício da Uergs, Eliane Kolchinski, resolveu suspender as atividades letivas e administrativas da universidade na noite desta quinta-feira, nesta sexta-feira e também no sábado, em virtude da greve dos caminhoneiros.

A reitora argumenta que a greve reflete no transporte e na segurança pública, e dificulta o deslocamento dos estudantes e de professores até as unidades da universidade e até a Reitoria, em Porto Alegre.

Vários professores viajam de suas cidades para dar aula nas 24 unidades da Uergs, inclusive em Cachoeira do Sul, assim como alunos de outras cidades se deslocam de carro e de ônibus para estudar na universidade longe de suas cidades natais.

A Universidade acompanhará os desdobramentos e publicará um novo posicionamento neste sábado sobre a retomada ou não do expediente na próxima semana.

Comentários