UFSM/Cachoeira pede ajuda do prefeito para o novo campus

Universidade precisa de mais energia e de transporte para início das aulas no Passo da Areia no segundo semestre

 

O prefeito Sergio Ghignatti recebeu nesta sexta-feira a direção e professores da UFSM/Cachoeira para tratar de três assuntos: energia elétrica para o campus, transporte coletivo e plano diretor do Município.

O diretor da UFSM/Cachoeira, Rogério Brittes, e o vice Lucas Delongui explicaram que a universidade corre o risco de não conseguir iniciar suas atividades no novo campus já em agosto devido à falta de capacidade de energia elétrica para todos os prédios.

A expectativa é a partir do segundo semestre instalar no campus ao menos os estudantes que estão entre o primeiro e quarto semestre. Nem mesmo a internet pode ser ligada se o problema da energia não for resolvido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *